terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Tem um reloginho ai dentro, é isso?

E quando acelera lá fora?

As horas passam lentas mas parece que é em bloco.

De repente anoitece e amanha ainda é longe.

Minha coluna vira corda jogada de navio.

Mas em algum lugar minha mente repousa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário